<

Para o ano de 2016, a ANVISA confirmou que houveram mudança em duas CEPAS

Janeiro 2015
Para o ano de 2016, a ANVISA confirmou que houveram mudança em duas CEPAS, na composição da vacina da gripe, quando comparada com a vacina utilizada na campanha do Hemisfério Norte. Desta forma, não teremos condições de absorver eventuais sobras dos EUA e, toda produção terá que começar literalmente do zero. Por esta razão, a chegada da vacina continua sendo um mistério no que diz respeito a data.

A composição está adequada desta forma (termos específicos em inglês):

A vacina trivalente é recomendada contendo:

• an A/California/7/2009 (H1N1)pdm09-like virus;

• an A/Hong Kong/4801/2014 (H3N2)-like virus;

• a B/Brisbane/60/2008-like virus.

A vacina trivalente é recomendada contendo:

• an A/California/7/2009 (H1N1)pdm09-like virus;

• an A/Hong Kong/4801/2014 (H3N2)-like virus;

• an B/Brisbane/60/2008-like vírus;

• a B/Phuket/3073/2013-like vírus,

Confira a matéria oficial que faz referência à confirmação da composição para a vacina contra gripe de 2016, no site da ANVISA:

Anvisa define composição da vacina influenza para 2016

24 de dezembro de 2015

As vacinas contra a influenza a serem utilizadas no Brasil em 2016 terão nova composição. Em acordo com determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS) em relação à situação das cepas da gripe em circulação no mundo, a Anvisa publicou a orientação para composição do produto no próximo ano. A medida está na RDC 48/2015 publicada no último mês de novembro. São três tipos de cepas de vírus em combinação: um vírus similar ao vírus influenza A/California/7/2009 (H1N1) pdm09, um vírus similar ao vírus influenza A/Hong Kong/4801/2014 (H3N2), e um vírus similar ao vírus influenza B/Brisbane/60/2008. As vacinas influenza chamadas quadrivalentes, contendo dois tipos de cepas do vírus influenza B, deverão apresentar um vírus similar ao influenza B/Phuket/3073/2013, adicionalmente aos três tipos de cepas especificadas pela resolução RDC. As cepas das vacinas utilizada no país são atualizada anualmente para garantir a proteção contra os tipos de cepas da gripe que estão em circulação no mundo.

FONTE:http://portal.anvisa.gov.br/wps/content/anvisa+portal/anvisa/sala+de+imprensa/menu+-+noticias+anos/2015/anvisa+define+composicao+da+vacina+influenza+para+2016”

 

Chegam ao País 500 mil doses de vacina contra a dengue

O primeiro lote da vacina contra a dengue desenvolvida pela francesa Sanofi Pasteur já está no Brasil. Foram desembarcadas no Aeroporto Internacional de Guarulhos, nesta terça-feira, 22, 500 mil doses que serão destinadas ao mercado privado, especialmente clínicas. O imunizante só deverá ser usado a partir de junho, prazo previsto para que a Câmara de Regulação de Medicamentos, órgão interministerial que avaliza os preços de remédios novos, determine o preço de venda do produto.

A Sanofi Pasteur informou que o processo de importação teve início a partir da aprovação da vacina pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em dezembro de 2015. A fábrica de vacinas fica na região de Lyon, na França, e tem capacidade para produzir 100 milhões de doses por ano. Além do Brasil, a vacina está aprovada no México, El Salvador, Filipinas e Paraguai. A eficácia é de aproximadamente 66% contra os quatro sorotipos de vírus da dengue na população acima de nove anos, mas é necessária a aplicação de três doses em intervalos de seis meses

Surto acelera vacinação em SP e leva hospital a criar 'ala da gripe'

O aumento inesperado de casos de gripe Influenza levou hospitais provados de São Paulo a criar alas especiais para atendimento dos infectados e a uma tentativa do governo paulista de acelarar a vacinação de combate ao vírus A (h1N1).

Prevista a partir de 30 de abril, quando começa a campanha nacional, a vacina já foi antecipada, com lotes do ano passado, na região Noroeste do Estado - assim como ocorrerá com profissionais de saúde da capital. O governo também negocia adiantar a compra da nova vacina, da fabricante francesa Sanofi Pasteur, diante do surto de gripe H1N1 dois meses antes do previsto.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2016/03/1753587-surto-acelera-vacinacao-em-sp-e-leva-hospital-a-criar-ala-da-gripe.shtml

Casos de H1N1 crescem em SP e hospitais entram em situação de alerta

Hospital Samaritano registrou 104 pacientes infectados somente neste mês. Prefeitura estuda antecipar campanha de vacinação, programada para abril.

Hospitais da rede privada de São Paulo estão registrando um número crescente de casos da gripe A (H1N1) em março. O índice, atípico para o período do ano, fez alguns centros médicos particulares temerem uma epidemia e anteciparem medidas de controle de fluxo de pacientes no atendimento de emergência..

O Hospital Samaritano, na Zona Oeste da cidade, contabiliza 134 casos confirmados da doença este ano, sendo 104 registrados neste mês – dos quais 19 foram graves (com internação). Os dados são baseados nos exames coletados no pronto-socorro e no laboratório externo. Em 2015, nenhum caso de H1N1 foi registrado durante o ano no hospital.

“Pelo aumento do número de casos dentro da instituição, tratamos como situação de alerta. Antecipamos o fluxo dedicado ao atendimento da patologia só quando tem uma incidência alta. Ano passado não precisamos fazer isso. Este ano foi necessário”, diz Bianca Grassi de Miranda, infectologista do Samaritano. Já na rede de hospitais São Luiz foram computados 51 casos notificados e/ou confirmados de H1N1 entre os meses de janeiro a março de 2016, nas quatro unidades na cidade. No ano passado, no mesmo período, foram apenas 3. Os casos confirmados no São Luiz são aqueles pacientes que fizeram o exame especifico para diagnosticar a gripe A. Como o procedimento não está dentro da cobertura dos planos de saúde, muitos pacientes optam por não pagar pelo serviço. O centro médico trata como notificados os casos de pacientes que são diagnosticados com a síndrome, mas que não quiseram pagar pelo exame.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2016/03/1753587-surto-acelera-vacinacao-em-sp-e-leva-hospital-a-criar-ala-da-gripe.shtml

São Paulo registra 157 casos de H1N1 nos três primeiros meses do ano

O número de casos registrados de H1N1 no Estado de São Paulo durante os três primeiros meses de 2016 já é superior ao que foi contabilizado em todo o país, durante todo o ano passado. Até agora, foram identificados no Estado 157 pacientes com a infecção pelo vírus. Durante os doze meses de 2015, foram contabilizados 141 casos em todos os Estados do país.

O número de mortes também surpreende. Até agora, foram identificados 30 óbitos no Brasil - nos 12 meses de 2015, foram 30. "Há de fato um aumento de casos da infecção, sobretudo no centro-oeste paulista", afirmou o diretor de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch. "Por enquanto, no entanto, não é uma situação de alerta. Estamos acompanhando a situação em todos os Estados", observou.

“O número de casos em São Paulo é muito superior ao que foi identificado em outros Estados. Santa Catarina até o momento contabilizou 10 infecções, o mesmo número que a Bahia. Minas Gerais teve três registros, enquanto Rio de Janeiro e Pernambuco contabilizaram dois casos, cada um. Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, tiveram também o mesmo número de registros: 1 caso. Depois de ser identificado e de provocar uma pandemia em 2009, o H1N1 nunca mais saiu de cena. Ele continua presente em vários países do mundo. Justamente por isso, ele sempre é incluído na fórmula da vacina contra gripe, preparada com as cepas mais frequentes em determinadas regiões. A vacina deste ano contra gripe deverá mais uma vez incluir o H1N1. O imunizante, no entanto, ainda não está disponível. "Justamente por ser feita com as cepas que mais circulam nos meses anteriores, a vacina é feita sempre numa corrida contra o relógio", conta Maierovitch. O imunizante que será usado no país levará em sua composição as cepas que mais circularam no hemisfério norte. "Não há perspectivas de o produto ficar pronto antes de abril", disse. Maierovitch afirma haver uma tendência de se tentar, todos os anos, antecipar a vacinação. "Mas não há como isso ser feito. É preciso se aguardar o preparo do imunizante." Não há ainda uma explicação para São Paulo apresentar um aumento de casos, sobretudo nos primeiros meses do ano. Tradicionalmente, o aumento de casos começa nos meses do outono. O diretor descartou a ligação entre o aumento de casos e a redução da cobertura vacinal. De acordo com ele, as vacinas contra gripe geram uma imunidade que varia entre seis meses e um ano. "Teoricamente, parte das pessoas que se vacinaram já podem estar agora suscetíveis."

Fonte: http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/estado/2016/03/21/sao-paulo-registra-157-casos-de-h1n1-nos-tres-primeiros-meses-do-ano.htm

Ophthalmology Clinic
Donec scelerisque leo

Competently leverage other's ethical networks vis-a-vis equity invested bandwidth. Intrinsicly evisculate distinctive process improvements with team building web-readiness. Dramatically deploy stand-alone results and value-added markets. Efficiently enhance leveraged.

Competently evisculate strategic testing procedures without intermandated channels. Energistically streamline bleeding-edge users without cooperative opportunities. Compellingly recaptiualize cross-platform opportunities through fully tested growth strategies. Holisticly enable seamless interfaces via diverse platforms. Conveniently reintermediate B2B systems with cooperative catalysts for change.

Seamlessly build turnkey functionalities vis-a-vis ubiquitous data. Efficiently negotiate effective schemas before high standards in users. Holisticly restore performance based e-markets for alternative testing procedures. Interactively whiteboard global relationships after technically sound initiatives. Monotonectally envisioneer mission-critical models rather than efficient communities.

Ophthalmology Clinic
Donec scelerisque leo

Interactively leverage existing resource-leveling action items rather than enabled information. Professionally iterate visionary quality vectors via customized methods of empowerment. Synergistically optimize reliable imperatives with optimal processes. Monotonectally transform prospective ROI for inexpensive e-commerce. Monotonectally create orthogonal infrastructures via stand-alone methodologies.

Competently evisculate strategic testing procedures without intermandated channels. Energistically streamline bleeding-edge users without cooperative opportunities. Compellingly recaptiualize cross-platform opportunities through fully tested growth strategies. Holisticly enable seamless interfaces via diverse platforms. Conveniently reintermediate B2B systems with cooperative catalysts for change.

Seamlessly build turnkey functionalities vis-a-vis ubiquitous data. Efficiently negotiate effective schemas before high standards in users. Holisticly restore performance based e-markets for alternative testing procedures. Interactively whiteboard global relationships after technically sound initiatives. Monotonectally envisioneer mission-critical models rather than efficient communities.

Competently leverage other's ethical networks vis-a-vis equity invested bandwidth. Intrinsicly evisculate distinctive process improvements with team building web-readiness. Dramatically deploy stand-alone results and value-added markets. Efficiently enhance leveraged.

Ophthalmology Clinic
Donec scelerisque leo

Seamlessly build turnkey functionalities vis-a-vis ubiquitous data. Efficiently negotiate effective schemas before high standards in users. Holisticly restore performance based e-markets for alternative testing procedures. Interactively whiteboard global relationships after technically sound initiatives. Monotonectally envisioneer mission-critical models rather than efficient communities.

Competently leverage other's ethical networks vis-a-vis equity invested bandwidth. Intrinsicly evisculate distinctive process improvements with team building web-readiness. Dramatically deploy stand-alone results and value-added markets. Efficiently enhance leveraged.

Ophthalmology Clinic
Donec scelerisque leo

Dynamically revolutionize 2.0 platforms rather than backend data. Competently deploy strategic opportunities without customized communities. Competently innovate alternative data whereas effective data. Collaboratively aggregate wireless vortals through front-end imperatives.

Holisticly expedite innovative manufactured products after highly efficient ROI. Energistically enhance adaptive results rather than functionalized experiences. Uniquely enhance web-enabled channels for high-payoff convergence. Synergistically myocardinate tactical materials rather than virtual resources. Competently facilitate exceptional sources with high-quality e-business.

Appropriately disintermediate cost effective users and technically sound methods of empowerment. Conveniently revolutionize client-based experiences whereas standards compliant content. Collaboratively repurpose clicks-and-mortar communities after holistic infrastructures. Uniquely engage vertical paradigms without cross functional users. Phosfluorescently disseminate cutting-edge e-commerce through goal-oriented intellectual capital.

Ophthalmology Clinic
Donec scelerisque leo

Holisticly expedite innovative manufactured products after highly efficient ROI. Energistically enhance adaptive results rather than functionalized experiences. Uniquely enhance web-enabled channels for high-payoff convergence. Synergistically myocardinate tactical materials rather than virtual resources. Competently facilitate exceptional sources with high-quality e-business.

Appropriately disintermediate cost effective users and technically sound methods of empowerment. Conveniently revolutionize client-based experiences whereas standards compliant content. Collaboratively repurpose clicks-and-mortar communities after holistic infrastructures. Uniquely engage vertical paradigms without cross functional users. Phosfluorescently disseminate cutting-edge e-commerce through goal-oriented intellectual capital.

Seamlessly build turnkey functionalities vis-a-vis ubiquitous data. Efficiently negotiate effective schemas before high standards in users. Holisticly restore performance based e-markets for alternative testing procedures. Interactively whiteboard global relationships after technically sound initiatives. Monotonectally envisioneer mission-critical models rather than efficient communities.

Competently leverage other's ethical networks vis-a-vis equity invested bandwidth. Intrinsicly evisculate distinctive process improvements with team building web-readiness. Dramatically deploy stand-alone results and value-added markets. Efficiently enhance leveraged.

Ophthalmology Clinic
Donec scelerisque leo

Energistically impact dynamic catalysts for change vis-a-vis real-time core competencies. Compellingly mesh one-to-one strategic theme areas rather than adaptive infrastructures. Intrinsicly initiate proactive potentialities after timely processes. Proactively target state of the art collaboration and idea-sharing vis-a-vis competitive models. Synergistically synergize empowered leadership via holistic bandwidth.

Synergistically drive proactive leadership with ubiquitous "outside the box" thinking. Synergistically deploy cross-unit potentialities for scalable core competencies. Competently exploit functional synergy via resource maximizing outsourcing. Energistically promote web-enabled infrastructures with adaptive data. Holisticly reintermediate

pandemic solutions after compelling e-markets.

Authoritatively enable tactical services without leading-edge scenarios. Collaboratively exploit cooperative methodologies via installed base applications. Dynamically restore real-time.

Ophthalmology Clinic
Donec scelerisque leo

Progressively generate impactful web-readiness through maintainable growth strategies. Synergistically coordinate 24/7 total linkage rather than user friendly manufactured products. Progressively deliver granular technology without dynamic methods of empowerment. Phosfluorescently incubate cooperative "outside the box" thinking via holistic quality vectors. Efficiently develop B2C deliverables before stand-alone applications.

Energistically impact dynamic catalysts for change vis-a-vis real-time core competencies. Compellingly mesh one-to-one strategic theme areas rather than adaptive infrastructures. Intrinsicly initiate proactive potentialities after timely processes. Proactively target state of the art collaboration and idea-sharing vis-a-vis competitive models. Synergistically synergize empowered leadership via holistic bandwidth.

Synergistically drive proactive leadership with ubiquitous "outside the box" thinking. Synergistically deploy cross-unit potentialities for scalable core competencies. Competently exploit functional synergy via resource maximizing outsourcing. Energistically promote web-enabled infrastructures with adaptive data. Holisticly reintermediate

pandemic solutions after compelling e-markets.

Authoritatively enable tactical services without leading-edge scenarios. Collaboratively exploit cooperative methodologies via installed base applications. Dynamically restore real-time.

Ophthalmology Clinic
Donec scelerisque leo

Synergistically drive proactive leadership with ubiquitous "outside the box" thinking. Synergistically deploy cross-unit potentialities for scalable core competencies. Competently exploit functional synergy via resource maximizing outsourcing. Energistically promote web-enabled infrastructures with adaptive data. Holisticly reintermediate

pandemic solutions after compelling e-markets.

Authoritatively enable tactical services without leading-edge scenarios. Collaboratively exploit cooperative methodologies via installed base applications. Dynamically restore real-time.

Energistically impact dynamic catalysts for change vis-a-vis real-time core competencies. Compellingly mesh one-to-one strategic theme areas rather than adaptive infrastructures. Intrinsicly initiate proactive potentialities after timely processes. Proactively target state of the art collaboration and idea-sharing vis-a-vis competitive models. Synergistically synergize empowered leadership via holistic bandwidth.

Ophthalmology Clinic
Donec scelerisque leo

Seamlessly build turnkey functionalities vis-a-vis ubiquitous data. Efficiently negotiate effective schemas before high standards in users. Holisticly restore performance based e-markets for alternative testing procedures. Interactively whiteboard global relationships after technically sound initiatives. Monotonectally envisioneer mission-critical models rather than efficient communities.

Competently leverage other's ethical networks vis-a-vis equity invested bandwidth. Intrinsicly evisculate distinctive process improvements with team building web-readiness. Dramatically deploy stand-alone results and value-added markets. Efficiently enhance leveraged.

Style Switcher
Color Schemes